Archive for Março 2012

Educação- Investimento que não se perde


Formar-se e especializar-se é algo decisivo para a carreira de qualquer um. É o melhor caminho para crescer profissionalmente ou mesmo mudar de profissão. 


De acordo com os especialistas em seleção, os principais obstáculos para encontrar o candidato mais adequado são: a falta de qualificação, de especialização e falta de fluência em idiomas estrangeiros1.

Confira algumas dicas para escolher seus próximos cursos sem perder tempo.


1. Defina seus interesses e objetivos profissionais. 
Analise suas formações anteriores, suas experiências de trabalho e estabeleça seus objetivos profissionais. Conversar com profissionais da área e conhecer mais sobre o mercado pode ajudar na orientação. Assim fica mais fácil identificar os cursos que você precisa fazer para chegar até lá.

2. Idiomas, idiomas, idiomas.
Aprender um idioma abre diversas possibilidades a qualquer profissional, da mesma forma que não saber bem um idioma estrangeiro pode limitar sua ascensão profissional. Aprenda ou aperfeiçoe seu inglês, e, saber uma terceira língua, como o espanhol ou outro idioma, pode ser o diferencial que faltava para o seu currículo.

3. Informação é a chave
Uma vez identificados os conhecimentos que você necessita para atingir seu objetivo profissional, é hora de procurar informações práticas: onde são oferecidos os cursos que você busca, como poder cursá-los, investimento requerido, duração do curso, horários, etc.

Para ajudar você na tarefa de encontrar cursos e melhorar seu perfil profissional, o InfoJobs desenvolveu uma área exclusiva para encontrar os cursos que ajudarão no crescimento da sua carreira: InfoJobs Educação. Neste site, você pode encontrar cursos presenciais, semipresenciais ou online em todo o Brasil e receber alertas sobre as novidades em cursos da sua área de interesse.

Conheça InfoJobs Educação 

 Fonte: Revista Você RH
20 de março de 2012

Sueca de 75 anos tem a internet mais rápida do mundo

Uma senhora de 75 anos, moradora de Karlstad, na Suécia, está fazendo inveja em muita gente. Graças ao seu filho, ela possui a conexão de Internet mais rápida do mundo para um usuário doméstico, com surpreendentes 40 gigabits por segundo.

Com esta velocidade é possível fazer o download de um filme de Blu-Ray em pouco mais de dois segundos. Assistir canais do YouTube, séries no Netflix e jogar seus games preferidos, então, não serão problema para você (nem se você decidir fazer tudo isso ao mesmo tempo).





Agora, imagine as nossas avós com uma conexão como essa para ver as fotos dos parentes no Facebook, conversar com as netas pelo MSN, ler jornais e revistas online. Pois é... é para estas finalidades que a senhora Sigbritt Lothber tem aproveitado sua conexão.

A internet de 40 Gbps instalada em sua casa só foi possível porque seu filho, Peter Lothberg, é um conhecido especialista em Internet na Suécia. Ele é encarregado de testar novas técnicas de transferência de dados através das conexões existentes no mercado.

O segredo por trás da conexão é uma nova técnica em que os dados são transferidos diretamente entre dois dispositivos a 2.000 quilômetros de distância um do outro, sem nenhum intermediário. Isso faz com que a informação trafegue a grandes distâncias, em alta velocidade, sem perder dados.

Para testar a novidade, ele resolveu convocar a própria mãe. O objetivo do estudo de Lothberg é encontrar uma forma de oferecer uma conexão de Internet mais rápida e barata para os cidadãos, mas que ao mesmo tempo ofereça estabilidade e performance. Nesse caso, dificilmente teremos um perfil de uso dessa velocidade, semelhante a de um usuário mais “exigente”. Entretanto, a conexão atende de forma direta ao propósito de Lothberg: atender o internauta comum. “Quero mostrar que há outros métodos, além das formas antigas como cabos e ondas de rádio que não têm a possibilidade que a fibra oferece”, afirmou o especialista em Internet na Suécia.

Fonte: Techtudo
17 de março de 2012

iPhone 4 no Brasil é o mais caro do mundo!

É isso mesmo, o iPhone 4 vendido no Brasil é mais caro do que em qualquer outro país, segundo o levantamento do site EXAME.

O aparelho que é comercializado no Brasil desde o ano passado tem custo de R$ 1.799 para a versão de 16GB e de R$ 2.099 para a versão de 32GB. Os valores são referentes à venda sem contrato de fidelidade com operadoras.


Os preços foram obtidos em 15 stes locais da Apple.
Procurada pela reportagem, a assessoria de imprensa da Apple no Brasil não foi imediatamente encontrada para falar sobre o assunto. Parte do elevado preço do iPhone 4 no mercado nacional pode ser explicada pela alta carga tributária que o produto recebe antes de chegar ao consumidor final.
Como qualquer dispositivo de telefonia móvel importado, ele recebe 16% de taxa de importação, mais 15% de IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), 9,25% de contribuição para o PIS (Programa de Integração Social) e Cofins (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social), além de uma média de 18% de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), dependendo do estado.
8 de março de 2012

Siga por Email

Postagens Populares

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © 2013 Blog da Hands On Formação Profissional -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -