Archive for Agosto 2012

Ter domínio em informática é fundamental para conseguir um bom emprego

Aprender informática vai além da necessidade de conseguir um bom emprego. Crianças, jovens e adultos necessitam enquadrar-se no ambiente tecnológico digital para acompanhar as mudanças do mercado de trabalho e, também, para facilitar o seu dia-a-dia. As crianças já nascem em um mundo informatizado e necessitam do computador quase que diariamente para realizar pesquisas, fazer trabalho, sem contar o tempo reservado para a diversão.

A cobrança é ainda maior para os jovens que estão prestes a entrar ou já vivem a concorrência do mercado de trabalho. Para enfrentar novos desafios que surgem em empresas de diferentes setores, os jovens devem estar preparados e atualizados para liderar novos projetos. Por isso a atualização ou capacitação em cursos tornou-se um requisito para se destacar neste mercado.
Atualmente os cursos que abrangem conhecimentos de Windows, Pacote Office e Internet são a exigência mínima para se conquistar um emprego na área administrativa. Também é o conhecimento básico para realizar trabalhos da escola e faculdade. Em qualquer empresa em que se for iniciar um trabalho, vão exigir o domínio básico em informática. NINGUÉM VAI ENSINAR A MEXER NO COMPUTADOR EM UMA EMPRESA. Resumindo, tornou-se uma OBRIGAÇÃO no currículo do candidato. Para construir uma boa carreira é necessário analisar os cursos que vão acrescentar na sua área. É importante fazer um planejamento para traçar a ordem de importância para realizar esses cursos.
No Brasil, o setor de TI (Tecnologia da Informação) tem crescido muito rápido, mas não a quantidade de profissionais preparados suficientes para atender essa demanda. A escassez é tão grande que nessa área o diploma de curso superior não é o mais importante. Exige-se um profissional que esteja preparado para dominar os softwares (programas). Estar atualizado é regra para enfrentar o mundo da informática.
Também para facilitar as atividades cotidianas, como comunicar-se com parentes e amigos, controlar as despesas familiares, assistir e gravar vídeos e áudios, entre outras, o domínio da informática é essencial. Pagar uma conta, pegar o resultado de exames, fazer pesquisas de preços entre outras necessidades comuns podem ser realizadas de qualquer computador, economizando principalmente o tempo.
Além de facilitar a rotina, o uso do computador é indicado para estimular o raciocínio e a percepção, despertando assim novos interesses. Independente da faixa etária e do setor de atuação no marcado de trabalho, é fundamental manter-se atualizado com os novos programas e facilidades que são criadas a todo momento, e realizar cursos é uma ótima iniciativa para alcançar novas oportunidades.
31 de agosto de 2012

Trajetória do Google




No dia 27 de setembro comemora-se o aniversário do site mais famoso do mundo, o Google. Já são 14 anos de uma história de sucesso e cifras bilionárias.
No entanto, algumas pessoas duvidam da exatidão da data. Nos últimos três anos, a empresa comemorou o aniversário do site com imagens especiais acima da barra de buscas no dia 27 de setembro, mas por duas vezes a data foi celebrada em 7 de setembro.
Deixando de lado as dúvidas sobre o aniversário do site, o importante mesmo é destacar a importância da página e a história do buscador.

O Google costuma comemorar datas importantes para a humanidade com customizações do seu logo na página inicial do site de buscas. O primeiro Doodle surgiu em 1998. O sucesso foi tão grande que hoje a companhia tem uma equipe de designers voltada especialmente para a criação dos logotipos.

Os fundadores do
Google são Larry Page e Sergey Brin. A empresa surgiu em 1996, mas apenas em 1998 os dois formalizaram o projeto e criaram a marca.
O Google foi resultado de uma tese de doutorado em Ciências da Computação na Universidade de Stanford, nos Estados Unidos. Incialmente, os dois criadores do site conseguiram um cheque no valor de US$ 100 mil para investir na empresa. O cheque estava endereçado à Google Inc.

A partir daí, a empresa foi fundada por Larry e Sergey no estado da Califórnia e funcionava na garagem da casa de uma amiga dos fundadores da empresa em Menlo Park.

Já neste momento, reportagens veiculadas sobre o Google em grandes jornais como USA Today e o Le Monde (França) já demonstravam o potencial do site de buscas.

Hoje o Google é uma das grandes inovações da história da computação e os resultados financeiros alcançados pelo site são impressionantes.
E o que aconteceu nesses 13 anos de Google?
Primeiros dias: 1998
Em 1997, os fundadores Larry Page e Sergey Brin deixaram para trás o nome “BackRub”, como se chamava um projeto acadêmico da dupla, e adotaram Google, uma brincadeira com o termo matemático "googol". Com o domínio Google.com registrado e um saudável investimento de 100 mil dólares do cofundador da Sun, Andy Bechtolsheim, os dois estudantes de Stanford alugaram um espaço de garagem por 1.700 dólares por mês, em Menlo Park, Califórnia.
Com um escritório improvisado, a empresa se tornou a "Google Technology Inc" em 4 de setembro de 1998. A companhia começou a receber apoio positivo na imprensa e também contratou seu primeiro funcionário, Craig Silverstein.


Dinheiro e mudança: 1999
Graças ao crescimento de sua força de trabalho, a empresa nascente se mudou duas vezes em 1999. O Google ampliou sua modesta garagem e mudou-se rapidamente para um local mais adequado, em Palo Alto, também no Estado da Califórnia. Em junho, a empresa lançou seu primeiro comunicado de imprensa, detalhando como havia assegurado 25 milhões de dólares em financiamento.
Durante o segundo semestre do ano, como chegou a quarenta trabalhadores, a organização mudou-se novamente para um escritório em Mountain View, com um chef de cozinha incluso. Foi no mesmo ano em que decidiu largar o ponto de exclamação do seu logotipo e ficar do jeito que a marca ficou famosa mundialmente.


Crescimento e expansão: 2000
O ano 2000 foi de crescimento. O mecanismo de busca atingiu o marco de um bilhão de páginas indexadas e o site se expandiu para dar suporte a mais de quinze línguas, incluindo chinês, francês, alemão e japonês, entre outras.
Como as coisas mudam! Aquele ano também viu o Yahoo revelar que usaria o Google como seu provedor de pesquisa padrão. Na época isso era um grande negócio, uma vez que o Yahoo era o queridinho das pesquisas e a companhia de Larry Page e Sergey Brin tinha de definir sobre quem deveria se voltar para competir. Missão cumprida? Claro que hoje o cenário é muito diferente, especialmente agora que Yahoo e Microsoft uniram forças para competir com o gigante da busca que o Google se tornou.
Antes de o ano acabar o Google também encontrou tempo para lançar o imenso sucesso que foi o programa AdWords e sua barra de ferramentas plug-in. Com o ano prestes a terminar, fica bastante claro que o mecanismo de busca teve uma ascensão meteórica - o Google passou a receber quase 100 milhões de consultas de pesquisa por dia.


Globalizando-se: 2001
Com o motor de busca já disponível em mais de vinte e cinco línguas, só parecia certo que a empresa iria se expandir em nível global com a abertura de seu primeiro escritório internacional, em Tóquio.
O ano de 2001 também viu o Google contratar o ex-presidente da Novell, Eric Schmidt, que começou no Google como o presidente do conselho, antes de avançar rapidamente para se tornar o CEO.
Com o índice de pesquisa do portal em quase três bilhões de páginas, parecia o momento perfeito para enfrentar um novo tipo de pesquisa: imagens. O Google lançou seu serviço nessa área em julho, e, inicialmente, tinha um índice de mais de 250 milhões de imagens.


Virando geek: 2002
No ano de 2002 a empresa lançou uma gama de produtos, incluindo a ferramenta de compras do Froogle, o experimental Google Labs e o popular serviço Google News. A empresa também decidiu oferecer uma tradução do site em Klingon, a linguagem dos personagens de Star Trek, para alegria dos fãs, trazendo o número total de suporte para mais de setenta línguas. Spiderman, Warcraft 3 e a pop star Shakira estavam entre os termos mais buscados do ano.


A palavra escrita: 2003
Em 2003, o Google adquiriu a Pyra Labs, criadora do serviço Blogger, que popularizou de vez os blogs ao permitir que as massas publicassem seus pensamentos com facilidade. Logo após a aquisição, o nome do Google foi reconhecido como um verbo. O tal “google it” se tornou sinônimo de “buscar”.
Em dezembro, o controverso Google Print foi lançado: agora, conhecido como Google Book Search, o serviço permite aos usuários visualizar trechos de milhares de livros em formato digital. Livros clássicos e adaptações de seus filmes, como O Senhor dos Anéis e Harry Potter, foram alguns dos mais procurados por termos no Google em 2003.


E-mail, Google Style: 2004
Sem dúvida, a maior notícia de 2004 foi a introdução do Gmail. A versão beta foi lançada no Dia da Mentira, mas o Google deu certeza de que não era brincadeira. Oferecendo um então inédito 1 GB de armazenamento, juntamente com uma experiência de usuário rápida e com a beleza da tecnologia de busca do Google instalado à direita em sua caixa de entrada. O serviço foi lançado de maneira restrita a convites, o que resultou em uma corrida do ouro para aqueles que esperam um convite. Após cinco anos, o Gmail finalmente eliminou seu status beta no início de junho de 2009.
Em 2004 também houve a mudança do Google em Mountain View, Califórnia, para a "sede Googleplex", onde a empresa reside ainda hoje. Além disso, abriu um centro de pesquisa e desenvolvimento em Tóquio e uma sede europeia em Dublin, Irlanda. Com mais de três mil funcionários, ou uma vasta gama de produtos e mais de oito bilhões de itens em seu índice de pesquisa do Google, o crescimento continuou a surpreender.


O mundo mapeado: 2005
Em 2005, o esforço contínuo de organizar a informação do mundo continuou com o lançamento do Google Maps. Desde então, a empresa tem melhorado continuamente o serviço de mapeamento, adicionando novos recursos, como imagens de satélite e indicações, bem como o aumento do número de novos locais pesquisados.

O Google Earth, uma fotografia em 3D por satélite aplicada ao mapeamento, veio logo em seguida, para complementar a oferta de serviços do Google em localização.
O ano de 2005 também viu o lançamento da página inicial personalizada iGoogle, Google Reader - ferramenta de gerenciamento de canais RSS - e o Google Analytics. Versões móveis do Gmail, Blogger e busca também foram liberadas.


Uma mensagem de Chad e Steve: 2006
Encerrando meses de especulação, o Google, no final de 2006, finalmente revelou que tinha comprado o YouTube, em uma transação de 1,65 bilhão de dólares.


O crescimento continua: 2007
O ano começou com a expansão do Google para novos territórios. O Google Maps fazia então seu caminho para a Austrália e o pacote de aplicativos de produtividade Google Docs era oferecido em várias línguas. O Gmail também foi disponibilizado a todos, sem a necessidade de convite.
Porém, a maior inovação do Google em 2007 foi a inclusão da fotografia do nível da rua para o Google Maps. Apelidado Street View, o serviço permite visualizar e explorar um grande número localidades dos Estados Unidos. Naturalmente, a introdução Street View causou alguma controvérsia, por levantar preocupações com a privacidade das pessoas.


Fechamento de um ciclo: 2008
Em 2008, o Google comemorou seus dez anos de operação, sem mostrar sinais de abrandamento. A empresa lançou seu primeiro aplicativo para iPhone, ampliou a cobertura do Street View para incluir outros países, revelou uma nova versão de seu aplicativo de gerenciamento de fotos Picasa e lançou o Knol, um serviço parecido com a Wikipedia.

Em seu maior movimento do ano, anunciou que iria entrar na guerra dos navegadores com o seu próprio produto. O código aberto do Google Chrome surgiu em setembro de 2008 e contou com uma interface minimalista e página inicial com atalhos para as páginas visitadas com frequência - características que foram adotadas em outros navegadores a partir de então.
No final do ano, a incursão do Google em software continuou como o lançamento do primeiro telefone celular a utilizar o Android, o sistema operacional móvel do Google.


Novidades no ar: 2009
O ano de 2009 está sendo movimentado na história do Google. Até agora, a empresa adicionou o acesso offline para o Gmail, lançou seu serviço de localização Latitude, levou o Google Earth para Marte e relançou o serviço de telefone GrandCentral como Google Voice, para citar apenas algumas realizações.
A empresa também lançou seu serviço Wave em maio deste ano. A ferramenta combina uma série de atividades de comunicação e redes sociais em um único aplicativo da web.
De 2010 até hoje:
Nesses três anos a Google não deixou de evoluir, trazendo atualizações do Google Chrome, do Android, os Doodles. Lançou várias atualizações apara o Orkut, para o Blogger, Google News, Google Maps, e é claro, o Google Plus. Lançou também a sua loja própria, a Google Play. Isso sem esquecer que ela comprou a Motorola em 2012.
E hoje em dia o Google é o que você conhece, não só um site de buscas – muito acessado por todos – mas sim e-mail, Redes Sociais, Notícias, Entretenimento. E aí? Quantas vezes você acessa o Google por dia?
22 de agosto de 2012

Google inclui imagens em 360 graus de mais 70 cidades brasileiras no Street View

No total, serviço do Google integrado a ferramenta de mapas já inclui fotos em 360º de mais de 130 cidades brasileiras, incluindo Indaial e Timbó no Vale do Itajaí

O Google Street View, serviço vinculado ao Google Maps que oferece imagens em 360º de ruas, ganhou imagens de 77 cidades brasileiras. No total, agora são 125 cidades brasileiras com imagens em 360º disponíveis no serviço. A maior parte das novas cidades cobertas pelo Street View está nas regiões Sul, Sudeste e Nordeste.

Rua Pref. Frederico Hardt em Indaial, no Street View do Google Maps.

A partir de agora, o internauta poderá encontrar imagens de cidades como Fortaleza (Ceará), Recife (Pernambuco), Salvador (Bahia) e Brasília (Distrito Federal). A lista ainda inclui cidades menores, como Paraty e Campos (Rio de Janeiro), Campina Grande (Paraíba), Sertãozinho (São Paulo) e Ilhéus (Bahia). No site oficial, é possível ver todas as cidades cobertas pelo serviço no Brasil e no mundo.
O Brasil recebeu o Google Street View em 2010, quando 51 cidades foram contempladas com imagens em 360º, entre elas São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte (Minas Gerais). No total, agora são mais de 130 cidades com imagens digitalizadas pelos carros do Google Street View.

"Com a proximidade de eventos importantes, como a Copa do Mundo, em 2014, e a Olimpíada, em 2016, é empolgante poder compartilhar as riquezas das cidades do Brasil não apenas com os turistas de todo o mundo, mas com os brasileiros que desejam visitar uma cidade, bairro ou marco que ainda não conhecem", diz Emmanuel Evita, gerente de relações públicas do Google Brasil.

Para acessar as imagens do Google Street View basta acessar a ferramenta de mapas do Google, o Google Maps, e arrastar o ícone do Street View (localizado sobre a régua de zoom) para o local do mapa desejado. Se as imagens em 360º não estiverem disponíveis, a ferramenta mostrará fotos de internautas com a geolocalização da região indicada pelo internauta.

Fonte: tecnologia.ig.com.br

Siga por Email

Postagens Populares

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © 2013 Blog da Hands On Formação Profissional -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -