Archive for Dezembro 2012

[Tutorial] Aprenda a otimizar a capacidade de memória de seu computador com Pen-Drive ou Cartão de Memória

Todos já nos deparamos com o baixo desempenho de um computador, mas o que fazer nessas horas para que ele volte à ativa novamente?

Uma ferramenta muito interessante, e que muita gente não conhece, mesmo estando disponível desde o Windows Vista é o Readyboost, que configura seu pen-drive, cartão de memória, celular, máquina fotográfica digital, Mp3, Mp4... enfim, todos os dispositivos que possuem armazenamento flash, em memória RAM complementar para o seu computador. 


Aprenda nesse tutorial como aprimorar o desempenho de sua máquina passo a passo:


1 - Para começar você deve plugar o dispositivo em seu computador, utilizando uma das portas USB ou o slot para cartão de memória.




2 - Logo após, abra o Windows Explorer ou Explorador de Arquivos - caso use o Windows 8, e clique com o botão direito do mouse sobre o disco que você irá usar como memória complementar, clique em Propriedades, e logo após, selecione a guia Readyboost.




Agora é só clicar em "Usar este dispositivo", configurar a quantidade de memória que será reservada e clicar em "Aplicar". É importante lembrar que é necessário que o dispositivo esteja sempre conectado para que essa função funcione corretamente.




21 de dezembro de 2012

Três razões para checar o perfil nas redes antes da entrevista de emprego


Pesquisa revela que mais da metade dos recrutadores já excluiu algum profissional de processo seletivo por conta do que achou dele (ou sobre ele) nas redes sociais



Manter uma postura inadequada nas redes sociais pode atrapalhar o seu sucesso profissional e minar as suas chances de garantir novas oportunidades no mercado de trabalho, é o que revela recente pesquisa realizada pela AVG Technologies com 230 gerentes de RH dos Estados Unidos e Reino Unido e mais de 4 mil jovens entre 18 e 25 anos de 11 países.
No entanto, pouca gente parece dar importância para a atitude digital antes de uma entrevista de emprego. De acordo com estudo, 60% dos norte-americanos entrevistados disse não checar se seus perfis virtuais contêm algo que possa deixar os recrutadores de "cabelo em pé". 
Se esse é o seu caso, confira três razões - com base nos dados da pesquisa, para se certificar de que não há nada que o desabone no seu perfil do FacebookTwitterYoutube, LinkedIn, Flickr e outras redes, antes de encarar o recrutador.
1. Os recrutadores procuram perfis em várias redes sociais
O estudo mostra que a grande maioria dos recrutadores (90%) pesquisa os perfis abertos dos candidatos em diferentes redes sociais. Ou seja, a rede social profissional LinkedIn não é a única ferramenta usada no processo de seleção.
No Reino Unido, 85% também procuram a página dos candidatos no Facebook, 47% no Twitter, 23% no Youtube, 16% no Instagram e 15% do Flickr.
Nos Estados Unidos, 85% dos profissionais de RH disseram acessar perfis no Google, 81%, no Facebook, enquanto 71% acessam a página do candidato no LinkedIn. Twitter é usado por 39% dos entrevistados, Instagram por 18% e o Flickr é acessado por 15%.
A conclusão é que de nada vale manter uma página impecável no LinkedIn se perfis nas outras redes podem colocar tudo a perder. Aliás, recomendações no LinkedIn são vistas até com certa desconfiança pelos recrutadores.
2. Publicações inadequadas podem deixá-lo de fora da seleção
Mais da metade dos recrutadores revelou já ter excluído algum profissional de um processo seletivo por conta do que achou dele (ou sobre ele) nas redes socais. 
No Reino Unido, 65% consideram o conteúdo das redes muito importante durante o processo de seleção. Nos Estados Unidos 62% dão importância ou muita importância às atitudes dos potenciais candidatos nas redes.
Fotos com nudez, ofensas, críticas depreciativas ao último empregador e extremismo ideológico  são os aspectos que mais “queimam o filme” dos profissionais nas redes, na opinião dos recrutadores. Qualquer um destes itens seria suficiente para limar um candidato das seleções, de acordo com 90% dos entrevistados.
3. Atitude online também pode encantar
Por outro lado, investir na sua imagem online pode fazer com que você saia na frente de outras pessoas. Ainda de acordo com a pesquisa, dois terços dos recrutadores já foram influenciados positivamente pelo conteúdo das páginas dos candidatos nas redes sociais.
Autor: Camila Pati
Fonte: Exame.com

[Tutorial] Windows 8: Como mudar a região no Windows Store para outros países


O Windows 8 já está entre nós e as pessoas estão começando a se acostumar com as funções do novo sistema operacional da Microsoft. Uma das novidades dele, além da grande mudança visual, foi a inclusão de uma loja de aplicativos, os quais podem ser usados dentro da nova identidade visual do Windows.
Atenção! Vale lembrar que programas de desktop continuam sendo aceitos pelo sistema operacional, mas aqueles que se integram de maneira mais orgânica a ele só poderão ser encontrados dentro dessa loja oficial.

Apesar da novidade, como era de se esperar, a Windows Store brasileira ainda não conta com todos os aplicativos da loja americana, deixando de fora alguns programas que podem ser interessantes aos brasileiros que adotaram o novo SO da empresa de Redmond.

Para acabar com esse “problema”, o próprio Windows conta com uma maneira de trocar a região da Windows Store. Essa opção está um pouco escondida, mas agora mostraremos como você pode trocar a sua loja brasileira pela americana (ou do país que você preferir). 

1. Acesse o Painel de Controle

A primeira coisa a se fazer é acessar o Painel de Controle do Windows 8, o que pode ser feito deixando o cursor do mouse no canto inferior direito da tela ou apertando a combinação “Tecla Windows + C”. A coluna da direita deve trazer algumas opções, incluindo o item “Configurações”. Clique nele e, em seguida, na alternativa “Painel de Controle”.

Windows 8: como mudar a região da Windows Store para outro país [vídeo]

2. Troque a região do seu sistema operacional

Agora, chegou a hora de você alterar a região do seu sistema operacional. Dentro do Painel de Controle, acesse “Relógio, Idioma e Região”. Em seguida, na tela apresentada, escolha a opção “Alterar local”, logo abaixo de “Região”.

Windows 8: como mudar a região da Windows Store para outro país [vídeo]

Feito isso, uma nova janela é aberta. Nela, encontre o campo “Localização inicial” e selecione a alternativa “Estados Unidos” — ou o país que você preferir. A loja norte-americana é a mais completa atualmente, por isso sugerimos essa localidade. Assim, por exemplo, você deixa de ter à sua disposição os cerca de 50 jogo da Windows Store brasileira, para ter acesso a mais de 1.000 games da loja dos EUA. Para confirmar a modificação, pressione os botões “Aplicar” e, na sequência, “OK”.

Windows 8: como mudar a região da Windows Store para outro país [vídeo]


3. Evitando a preferência de idioma


O terceiro passo que você deve realizar é mudar a preferência do Windows 8 que usa o idioma-padrão adotado pelo sistema para delimitar os aplicativos exibidos na sua loja virtual. Para fazer isso, você deve acessar a Windows Store e posicionar o cursor do mouse no canto superior ou inferior direito da tela para que a barra de opções seja exibida.
Assim como no procedimento para acessar o Painel de Controle, você precisa clicar no item “Configurações” apresentado por essa coluna. Nas opções secundárias mostradas, selecione a alternativa “Preferências”.

Windows 8: como mudar a região da Windows Store para outro país [vídeo]


Ao fazer isso, você se depara com uma nova tela, a qual reúne algumas configurações da loja de aplicativos do SO. Certifique-se de que a opção “Tornar mais fácil encontrar aplicativos em meus idiomas preferidos” esteja configurada como “Não”. É indicado que você reinicie o computador para assegurar que as modificações entrem em vigor.

Windows 8: como mudar a região da Windows Store para outro país [vídeo]


4. Acessando a loja de outro país


Depois de trocar a região do seu sistema operacional, clique em Loja na Tela Inicial do Windows 8 e aguarde até que ele prepare o acesso. Pronto, a Windows Store do seu PC já foi alterada para a versão norte-americana e você passa a ter uma maior variedade de softwares à sua disposição.

Quais são as vantagens disso?

Para você que procura se acostumar com a plataforma, a loja americana tem aplicativos como o Facebook Touch, aplicativo nato do Facebook. Vale a pena testar, até mesmo porque muitos aplicativos, como o Facebook Touch por exemplo, possuem uma versão totalmente em português.

Fonte: Tecmundo

Photoshop criando fotografias surreais

O Photoshop é o programa mais utilizado em todo o mundo para edições de fotos. Com boas fotos e domínio sobre o programa, é possível criar qualquer imagem.

Martín de Pasquale, design gráfico, é especialista em criar imagens com o Photoshop a partir de fotografias bem planejadas. Antes de bater qualquer foto, Martín estuda o ambiente, luzes, e toda a composição de suas imagens. O resultado de tanto trabalho você encontra na galeria abaixo:

Tocando Bateria (literalmente).
Fotos separadas, com as pilhas em macro, mantendo os mesmos tons de luzes e cores.

Um cachorro gigante. Eu sei que você também quer um.

Desta vez, Martín é o gigante.


Várias fotos, aproveitando a luz ambiente.








Gostou do trabalho do Martín? Visite o seu Facebook. No álbum do designer existem outras fotos incríveis.

Ficou com vontade de criar imagens iguais? Que tal fazer um curso de Designer ou Fotografia Digital com a Hands On? Você aprenderá a tirar o máximo proveito de sua câmera e do ambiente, e é claro, aprenderá a criar imagens tão surreais quanto às do Martín. Clique aqui, para mais informações.
4 de dezembro de 2012

Siga por Email

Postagens Populares

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © 2013 Blog da Hands On Formação Profissional -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -